desorganizada

Os piores dias são aqueles em que eu não sei o que desejo quando atravesso uma rua. É tão clara a certeza que, um dia, algum daqueles carros vai passar por cima de mim. Me jogar, me esfregar, me arrebentar inteira. E eu não sinto medo. Por que vou sentir medo de algo que é inevitável?

Pra mim, é inevitável que isso vai, algum dia, acontecer. Seria o meu destino ser atropelada por um carro? Talvez, talvez eu seja só mais uma pessoa idiota mesmo. E eu odeio isso.

Eu odeio o sentimento, a certeza, mas o que eu odeio mais é a lentidão do tempo enquanto eu atravesso mais uma rua, olho para o lado e vejo os meus vários possíveis carrascos. Lá no fundo eu escuto uma voz “o seu carrasco é você mesma!” e eu não faço nada. Pra não dizer que eu não faço nada, meus pés se mexem e, mais uma vez, eu consigo chegar intacta do outro lado de mais uma rua.

Emma. Alice. Eu não sou nenhuma das duas, mas eu também talvez seja. Um dia eu talvez chegue perto demais de não acreditar que minha vida é um filme de ficção escrito por alguém. Nesse dia, eu posso acreditar que quem escreve a porra toda sou eu mesma, mas acho que nunca vou aceitar que não, minha vida não é um filme e que tudo não vai ficar bem no final.

Na verdade, eu só tenho dúvidas se o carro que me atropela é culpa do motorista ou minha que me jogo em frente, largando tudo. Eu prefiro acreditar que não faria isso, mas o que é se jogar na frente de um carro pra alguém que quase pulou de uma janela querendo fugir de uma discussão?

Eu nem gosto das histórias quando tudo fica bem no final.

Anúncios
desorganizada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s